terça-feira, 6 de outubro de 2009

Só por hoje

Pular da cama cedinho, varrer a casa ouvindo Gal, arrumar o quarto dançando, abraçar o síndico, cantar bem alto, escrever um bilhete, beijo estalinho, decidir quem lava a louça no cara ou coroa, contrariar o ritmo das coisas, só um pouquinho.
Ver um fusca azul e te encher de porrada, apertar a campainha e sair correndo, espiar sua janela, comer gergelim da toalha da mesa, misturar com a colher que eu já lambi, segurar o elevador com o tapete, passar trote, rir até doer a barriga, fazer pequenas contravenções que nunca serão confessadas e por fim dormir em paz, sorrindo...

4 comentários:

Macaco disse...

Isso basta para ser feliz!

Tiago F. Moralles disse...

Putz, ver fusca azul e encher de porrada deu saudade.

Neno Miranda disse...

também como o gergilin da toalha...rsrsrs
gostei dessa.
beijooo

marcos disse...

mas é uma arteira mesmo!
fanfarrona!
bjaooo!