quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Encosta teu umbigo no meu, sim?
Sussura alguma sacanagem em meu ouvido.
Segura firme no meu cabelo, isso assim!
Desliza seus dedos nas minhas costas? Bem de leve...
Me diz que eu sou única, que eu deixo todas aquelas no chinelo
Me pega pela cintura e me conta o que você pretende fazer comigo
Diz que morre de tesão em mim, mas não esquece de dizer que me ama
Que meu gosto é bom, minha pele macia e minha boca deliciosa
Faz com que eu me sinta linda, diz que meu cheiro é inconfundível
Que eu te deixo maluco e que você não vive sem mim
E continue sempre assim, sincero e espontâneo...

5 comentários:

Macaco disse...

Slurp!

Tiago F. Moralles disse...

Espontâneo foi bom.
Depois do script, a única coisa que resta é ser obediente.

Cá Cipullo disse...

eu acho que a espontaneidade é fundamental!
amocê bichinha linda

marcos disse...

ah la la, c'est quoi ça Dane!..tu veux tuer les cœurs des hommes!?
bisous!

Luti Luti disse...

ó sim!!!