sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

4:20

é noite, cidade dorme
avisto uma casinha de madeira na encosta
pintada de azul celeste
ouço as ondas batendo nas pedras
e um forró dengoso
de dançar coladinho
sinto cheiro de maresia
e o vento traz bons fluidos
vestidinho solto, florido
debaixo de um céu estrelado
pés descalços
no plano de fundo
um farol que nunca se apaga
sobrenatural

2 comentários:

Macaco disse...

É Farol de Sta Marta?

Lu.Gonzag.A disse...

fervilha a noite fresca, é frio o vento mas a mente refresca!