segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Olhar tagarela

Desvio o olhar
pra esconder o que ele diz,
antes mesmo de querer dizer.
- Quieto, exijo!

Involuntários meus olhos te falam
o que eu mesma não posso.
De raiva, mordo o lábio,
suo frio, respiro fundo...

E em palavras a boca mente
O que o olho tenta
e não diz - porque não quero!
Teimoso meu olhar me entrega...

Um comentário:

Raphael disse...

E eu só de olho......
Ê minha linda! Te peguei no pulo!
E vc me pegou com esse olhar!!!
TE AMO NEGA!
BJO!